Anúncios bonitos podem ter CTR de 0,38% e o “feio” vender muito

O gosto é subjetivo quando se mede por resultados!

Os memes que recebes no WhatsApp são feios.

Imagens de stock photos com qualidade reduzida e balões com texto a transbordar para fora ou desenhos animados com fraca resolução. Além de fotografias que nem em filmes de Série Z teriam o seu “frame”.

Sim, são piores a nível estético que o Ninja das Caldas.

Apesar de feios são altamente partilháveis pela ideia ou contexto. A sociedade não é marketer/designer!

Um dia num grupo vi críticas ao design de um anúncio, que por força da sátira não tinha o design mais belo.

Apanhei o anúncio. A descrição e imagem fizeram sentido pelo contexto. E o público-alvo comentou o anúncio positivamente. Acredito que converteu muito, mesmo que a nível de design o texto não respeite as margens.

Isto porque o público-alvo dá mais importância à mensagem do que preciosismos de design, eles não são profissionais da área.

Mas sobretudo captou a atenção das pessoas.

Em anúncios não é preciso existir uma “ditadura” da linha gráfica! Imagina teres SEMPRE anúncios com a mesma linha de design, cores, etc porque segue o “manual”.

Vai parecer tudo o mesmo anúncio…e não se TESTA! É importante existir uma coerência. Tipos de letra da marca, cores contudo que exista um painel de hipóteses nada limitado. Mas é cada vez mais difícil captar a atenção. Há muito a acontecer nos feeds, browsers ou alguém chamar para baixar o tampo da sanita.

Não vais testar um anúncio apenas porque “não comunicamos assim”?

E se converter mais?

No outro dia parei e cliquei num anúncio com fundo amarelo, o mesmo emoji repetido 8 vezes e texto no meio. (E sim, converti!)

Anos atrás eu não compraria um curso de Facebook Ads a alguém que tem um anúncio deitado com o cão

Levei com diversos anúncios informativos do Rudy Mawer (incluído o do emoji).

Mas depois volta e meia recebia coisas assim…

O tempo levou-me a ser mais aberto, a entender que os resultados são imprevísiveis e é preciso testar o que chama mais atenção. Porque o público pode ter uma reação completamente diferente de quem está ao nosso redor ou gosto pessoal.

Partilho contigo um dos meus piores anúncios. A taxa de clique foi de 0,38% e não foi o único a sofrer de tal! Tive mais ao longo do tempo que em teoria iriam bombar.

Mas dois dos anúncios que mais convertaram são feios ou muito simples

E este abaixo o cliente não gostou…mas vendeu muito! (“Não segue as cores da marca, etc, etc, etc”)

Foram criadas duas versões uma para o Black Week e para o último de descontos.

Em anúncios é preciso libertar a mente e testar. O público é quem dita se é bom ou mau. Quem mais testa é quem está mais perto de encontrar o que converte mais!